Blog

Raio X e ultrassom são os exames de imagem mais usados na medicina

Raio X, ultrassom, tomografia e ressonância magnética são, nessa ordem, os exames por imagem mais usados em diagnóstico. Esses quatro tipos de exames integram uma área da medicina que está em constante evolução, com imagens cada vez mais perfeitas e detalhadas.

Não existe um número certo de procedimentos que uma pessoa pode fazer ao longo da vida, é preciso, no entanto, que todos eles sejam realizados com a indicação e o acompanhamento de um especialista.

Saiba mais sobre esses exames de imagem:

Raio X

O Raio X é amplamente utilizado para examinar o tórax, os ossos e pulmões. Ele funciona a partir de um gerador que emite um feixe de elétrons que colide contra átomos. Dependendo do material e do átomo, é formado um tipo de imagem em duas dimensões, mais clara ou mais escura.

O raio ultrapassa o corpo e faz uma sombra onde colide, imprimindo a imagem do filme que está do outro lado.

Ultrassom

O Ultrassom é recomendado para avaliações vasculares, musculares e abdominais. É capaz de detectar pedras nos rins e problemas na tireoide, por exemplo. Também há o Ultrassom Transvaginal, que ajuda a examinar o colo do útero e a prevenir o câncer.

Este exame não usa radiação, mas sim, ondas sonoras. A onda bate e retorna, a “sombra” que aparece no local de colisão é impressa e assim é possível que o médico consiga fazer o diagnóstico.

Tomografia

A Tomografia é um tipo de Raio X mais detalhado, com melhor resolução de imagens. Ela permite a reconstrução tridimensional do corpo e é especialmente boa para examinar o coração e o cérebro.

Neste exame são emitidos feixes de elétrons de maneira circular. É por isso que a pessoa entra em uma espécie de círculo aberto no fundo.

Ressonância Magnética

A Ressonância Magnética é capaz de examinar com detalhes ossos, tórax, pulmão, coração e vasos sanguíneos. Ela não usa radiação, mas sim um grande ímã. O campo magnético alinha as moléculas de água e hidrogênio para um mesmo lado do corpo; esse campo é desligado, mas a máquina consegue captar a marca que foi deixada.

Compartilhar este Post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Open chat
Quer agendar seu exame? Clique aqui!
Powered by
Optimized with PageSpeed Ninja