Exames

Densitometria Óssea
Densitometria com Composição Corporal

densitometria-valores

A densitometria óssea é considerada atualmente como sendo o único método para um diagnóstico seguro da avaliação da massa óssea e consequentemente predição do índice de fratura óssea.

Com nosso equipamento moderno e 100% digital, é possível aliar precisão e rapidez na execução dos exames, submetendo tanto o paciente quanto o próprio técnico à baixa exposição à radiação ionizante.

Para avaliação da massa óssea, as partes de interesse na obtenção das imagens são o fêmur e a coluna vertebral. Nosso aparelho permite também o exame de corpo inteiro, que realiza a medida da composição corporal discriminando os percentuais de tecido magro (músculo) e tecido gorduroso em cada segmento do corpo.

O exame de corpo inteiro é recomendado para:
•    Atletas em programa de treinamento físico;
•    Indivíduos não atletas em programas de condicionamento físico e dietas alimentares;
•    Atrofia muscular por desuso (inatividade física);
•    Distúrbios alimentares: anorexia, bulimia, obesidade;
•    Lipodistrofias – deficiência de hormônio de crescimento, SIDA, Deficiência de hormônio da tireóide, etc;
•    Insuficiência Renal crônica;
•    Crescimento e desenvolvimento;
•    Neoplasias;
•    Doenças intestinais com diarréias frequentes;
•    Pós-fraturas – perda de massa muscular.

Como se preparar para uma Densitometria Óssea?

Não há restrições quanto à alimentação, porém, não se deve tomar nenhum suplemento de cálcio 24 horas antes do exame.

Se o paciente tiver recebido recentemente uma injeção de meio de contraste para tomografia computadorizada, sido submetido a uma ressonância magnética ou tenha passado por um estudo de bário talvez seja preciso esperar de 10 a 14 dias antes de realizar a Densitometria Óssea.

Durante o exame

O exame é fácil e indolor; pode ser feito com qualquer roupa, evitando-se apenas botões, zíperes e fivelas de metal. Durante o exame, o paciente permanece deitado por cerca de 10 minutos.

O exame pode:

• Confirmar um diagnóstico de osteoporose em pessoa que já teve fratura;

• Determinar a taxa de perda óssea;

• Controlar os efeitos do tratamento em controles anuais.

O que é Osteoporose?

A Osteoporose é uma doença que atinge os ossos. Ocorre quando a quantidade de massa óssea diminui substancialmente e torna os ossos fracos; acomete principalmente mulheres após a menopausa.

A doença progride lentamente e raramente apresenta sintomas, por isso a necessidade de fazer o acompanhamento médico e exame de rotina.

Prevenção

A Osteoporose pode ser evitada se a perda óssea for detectada cedo, por meio do exame de Densitometria Óssea. Como ajuda à prevenção, os seguintes fatores de risco devem ser evitados:

• Dieta pobre em cálcio;

• Falta de atividade física;

• Bebidas alcoólicas;

• Fumo;

• Determinados medicamentos, como os corticosteroides.

Uma pessoa com Osteoporose pode viver ativa e confortavelmente se procurar cuidados médicos e fizer algumas adaptações em seu estilo de vida. O médico pode recomendar uma dieta rica em cálcio, um programa regular de exercícios e tratamento medicamentoso.